Atenção: Esse site só pode ser visualizado perfeitamente em um browser que suporta Web Standards. É recomendável que você atualize o seu browser clicando aqui. Obrigado e desculpe o transtorno.

PARTO ADEQUADO

Acolhimento e humanização >
Parto adequado

Visando identificar modelos inovadores de atenção ao parto e nascimento, a Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), em parceria com o Hospital Albert Einstein e o Institute for Healthcare Improvement (IHI) lançaram em abril de 2015 o Projeto Parto Adequado.

O Hospital-Dia e Maternidade Unimed Vitória (HDMU) foi uma das instituições participantes da 1ª fase do projeto, que admitiu apenas 23 hospitais privados em todo o Brasil. A iniciativa busca promover o aprimoramento dos serviços de assistência durante todas as fases do parto, com o objetivo de reduzir o grande número de cesáreas nas instituições hospitalares do país.

O HDMU trabalha ações que busquem qualificar a assistência ao parto, com foco na saúde da mãe e do bebê. Por isso, todas as atividades implantadas na unidade buscam a ampliação do número de partos via vaginal, oferecendo mais segurança à saúde das gestantes e bebês.

Conquistas

Apoio, segurança, tranquilidade e cuidado. Esses pilares de atendimento são essenciais para mãe e bebê no momento do parto.

O resultado da implementação de melhorias estruturais e desenvolvimento das equipes é o aumento da taxa de partos normais realizados no HDMU que cresceu em 50% desde a implementação do projeto.

Protocolo de Parto Adequado

Seguindo as melhores práticas, o Hospital-Dia e Maternidade Unimed Vitória segue um protocolo de Parto Adequado. Neste documento são listadas diversas ações e normas que devem ser executadas na unidade, para atender às futuras mamães com ainda mais qualidade.

Com isso, a cooperativa visa garantir a assistência qualificada, de forma a atender às necessidades das gestantes, oferecendo um cuidado completo, integrado e humanizado.

Confira aqui o Protocolo de Parto Adequado.